BLOG

Todos Artigos Colchão BioOrthus Colchão Magnético Cama Articulada

Porque escolher o Bio Orthus?

Preocupado com o seu bem-estar e com o desempenho do seu sono, durante os momentos de descanso, a Novo Colchão desenvolveu uma linha de colchões pensando em todos os componentes que podem estar causando horas de sono mal dormidas.
Nossa equipe conta com um especialista em Fisioterapia, e através da linha do Bio Orthus se preocupa com cada cliente que compra o produto, sabendo das diferentes formas de aspecto físico. Por isso, ao comprar o seu Bio Orthus ele será personalizado de acordo com as suas medidas.
Desenvolvido com as mais altas tecnologias do mercado como energia quântica, infravermelho, magnetismo, cromoterapia e perfilado terapêutico com certificações do INMETRO e ISSO 9001.
Outra especiaria do Bio Orthus corresponde ao cuidar de suas patologias durante o sono. Ele auxilia na diminuição de dores recorrentes do bico de papagaio, hérnia de disco, apneia de sono, ronco, bursite, fibromialgia, entre outros.

mais
Clientes que comprovam a qualidade da Novo Colchão

Nosso objetivo é proporcionar conforto e comodidade aos nossos clientes. Quando recebemos retornos como esses que você lerá abaixo, nossos corações se enchem de carinho e mostram o quanto a nossa empresa caminha para o lugar certo.

â Depoimento de Lea Oliveira de Moura Felix, de Sapiranga:

âOi Vilson... Estou muito feliz! Ter qualidade de vida e disposição é outro nível!
Se soubesse que traria esses resultados teria comprado antes. Sabe que às vezes pensamos só no bolso ou em comprar coisas que estejam aos olhos dos outros? Foi o melhor investimento da minha vida ter comprado esse colchão. Desejo sucesso para a sua equipe, pois vocês vendem saúde!!!

Se alguém tiver dúvida pode passar meu contato. Nunca mais vou acordar com pés e mãos formigando, minha dor nas costas foi embora e estou mais reta e disposta!
Obrigada sempre!â

â Depoimento de Maria Odete Davila, de Dois Irmãos

âO colchão de vocês está aprovado, uma das melhores coisas que já fiz até hoje, não troco por nada. Eu posso falar porque tenho um desses que, quando eu decidi pelo Bio Orthus, foram levados todos os meu exames para que eles analisassem e fizessem o meu colchão. à maravilhoso você poder deitar, tirar a dor da coluna e ter uma boa noite de sono. Obrigada por ter aparecido naquele dia, que eu estava mal e com dor na coluna.â

â Depoimento de Carlos Leomar Kohlhoff e Sonia Rizoleta Martins Kohlhoff, de Parobé

âEstamos dormindo bem graças ao Bio Orthus da Novo Colchão. Vocês são uma benção!â

Somos gratos por todo esse reconhecimento e pretendemos estar sempre presentes na vida das pessoas, melhorando a qualidade de vida delas todos dias.

mais
Quais são os vilões e os heróis do sono?

Para ter disposição ao acordar e conseguir desempenhar todas as atividades do dia, é preciso ter uma boa noite de descanso. Caso contrário, o dia pode ser exaustivo.

Primeiramente, é importante que você conheça alguns dos principais vilões do sono, que podem resultar em noites mal dormidas, insônia, dores lombares, entre outros problemas:

1 â Colchão velho e/ou ruim
Você já acordou se sentindo cansado, com dores nos ombros, nas costas e no pescoço, por exemplo? O seu colchão pode ser o principal fator do seu incômodo noturno.

2 â Estresse
Sabemos que a rotina pode ser estressante. Nos dias atuais, estamos sempre correndo: correndo para alcançar as metas do dia, correndo para chegar a tempo daquela reunião, correndo para chegar em casa e assim por diante. Ficamos tão ansiosos para as horas de descanso, mas, quando o momento chega, não conseguimos pregar o olho. Esse mal tem nome.

3 â Barulho e desconforto
Esses problemas podem ser resultantes de diversos fatores: televisão ligada, celular tocando, os carros passando na sua rua, aquele vizinho que gosta de ouvir música alta, entre outros aspectos. à bom você resolver os problemas ou minimizar os seus vícios â afinal, muita gente gosta de dormir com a televisão ligada, mas precisamos pensar primeiro na nossa saúde.

4 â Rotinas irregulares
Em um dia, você vai dormir às 22h. No outro às 3h. No outro às 00h. E ainda está se perguntando por que não consegue dormir?

5 â Café
A cafeína age como estimulante no nosso corpo. Ela é a bebida perfeita para a manhã, não para o turno da noite.

Conhecendo os contras, conseguimos enxergar com mais clareza os prós. Por isso, listamos os nossos heróis:

1 â Evitar comidas pesadas
As comidas leves proporcionam ótimas noites de sono, pois não sobrecarregam a sua digestão.

2 â Desligar os aparelhos eletrônicos
Saia do espaço digital e tire um tempo para meditar, por exemplo. Quando você menos perceber, terá caído no sono.

3 â Ambiente escuro
Ficar completamente imerso na escuridão facilitará muito na hora de dormir.

4 â Ter horário para dormir
Regular o sono é muito benéfico para a qualidade das suas noites e evita casos de insônia e ansiedade.

5 â Ter um colchão personalizado, feito especialmente para você
Um colchão feito especificamente para o seu corpo ajuda a prevenir dores musculares, lombares e outros problemas como insônia, ronco e apneia do sono. Se você quer adquirir um colchão que tenha exatamente o que você precisa e ainda possua certificado, fale conosco e saiba mais sobre o colchão Bio Orthus!

(51) 99673-2979 (WhatsApp)
(51) 3097-0379
ð§ novocolchao@novocolchao.com.br

mais
Fadiga pandêmica: quais são os efeitos da pandemia na nossa saúde mental?

A fadiga pandêmica é um dos muitos nomes para representar algumas das emoções rotineiras na vida das pessoas durante a crise mundial causada pela Covid-19: a sensação de cansaço extremo.

Esse sentimento pode vir acompanhado de tristeza, apatia, dificuldade para estabelecer uma rotina, perda de interesse, indiferença aos fatos e acontecimentos, além do pensamento de que a vida só vai acontecer pra valer quando tudo passar â em outras palavras - quando não precisarmos mais das medidas de distanciamento social, das máscaras e que poderemos estabelecer contatos físicos sem medo da contaminação pelo coronavírus.

Ao ler esse texto, você pode até normalizar isso, pensando que a população mundial está se sentindo da mesma forma. Porém, é preciso ficar atento, pois esses sinais podem evoluir para quadros mais sérios, como depressão, crise de pânico ou ansiedade e abuso de substâncias químicas, de acordo com a revista Boa Forma.

Por isso, preste atenção não só aos seus sinais, mas também ao comportamento de amigos e familiares. Ajude-se e ajude quem precisa, a nossa saúde mental é coisa séria.

Como você está se sentindo hoje?

mais
A má qualidade de sono pode aumentar os riscos de desenvolver doenças cardíacas

Você sabia que pessoas que dormem menos de seis horas diárias, ou sofrem de algum distúrbio do sono, são mais propensas a desenvolver doenças cardíacas? Isso é o que informa o resultado de uma pesquisa realizada pela Universidade de Harvard, da Inglaterra.
De acordo com a pesquisa, essas pessoas possuem 48% mais chances de desenvolverem problemas cardíacos do que as pessoas que têm o sono regulado. Outra conclusão que os pesquisadores britânicos chegaram foi de que noites mal dormidas também tornam as pessoas propensas a sofrerem com derrames. As pessoas estão com 15% mais chances de sofrer com isso quando, frequentemente, não têm uma boa noite de sono.
No mesmo estudo, os pesquisadores chegaram à conclusão de que os homens, cujo tempo de sono profundo é pouco, estão mais propensos a desenvolverem pressão alta e, mais tarde, problemas cardíacos.
Mas por que quem dorme pouco está mais propenso a desenvolver problemas cardíacos? Isso acontece de acordo com os seguintes fatores:
- Durante o sono normal, a pressão arterial é reduzida, dessa forma, quem tem problemas de sono acaba mantendo a pressão arterial elevada por mais tempo.
- A falta de sono também pode provocar o aumento de peso prejudicial para a saúde. Isso atinge mais as crianças e adolescentes, que precisam dormir mais do que os adultos. Um sono desregulado pode afetar a parte do cérebro que controla a fome.
- Outro problema causado pelas noites mal dormidas é o surgimento ou agravamento da Diabetes nível 2 â responsável pelo aumento de açúcar nos vasos sanguíneos.
Mas não são apenas problemas cardíacos que podem ser provocados pela falta de sono. A síntese dos hormônios do crescimento e do cortisol â produzidos enquanto estamos dormindo â também é afetada. Logo, o nosso metabolismo também é alterado, aumentando, dessa forma, o cansaço, dificuldade de raciocínio e ansiedade.
Atenção para as grávidas: a falta de sono e a apneia elevam o risco de complicações na gestação, como por exemplo a pré-eclâmpsia e o desenvolvimento de diabetes.


Fonte: Sono.com e Minha Saúde Proteste.

mais
Um colchão ruim pode dar, literalmente, dor de cabeça

Pesquisas apontam que cerca de 70 a 80% dos brasileiros sofrem com dores de cabeça. As causas, por sua vez, podem estar relacionadas a fatores distintos, tais como: estresse, desequilíbrio hormonal, má alimentação, consumo excessivo de bebidas alcoólicas e noites mal dormidas. Portanto, nesse último caso, os sintomas podem denunciar o uso de um colchão ruim, que mesmo sendo novo, pode não ser o mais adequado para as necessidades de quem o usa.
Mesmo que a pessoa não perceba, o uso de um colchão ruim pode provocar inúmeros prejuízos à saúde. A dor de cabeça é apenas um deles, mas uma sequência de noites mal dormidas pode influenciar também em quadros de estresse, dores no corpo, ansiedade, hérnia de disco e problemas na coluna, doenças cardiovasculares e até mesmo queda no sistema imunológico.
Uma dica simples para investigar se os sintomas podem estar relacionados ao uso de um colchão ruim, ou inadequado, pode ser a observação da própria qualidade do sono. Uma pessoa que dorme num colchão ruim, geralmente rola pela cama na maior parte do tempo, acorda inúmeras vezes, e geralmente se sente cansada logo ao acordar.

Qual o colchão adequado?

Especialistas indicam que o colchão adequado é o que acomoda e suporta o corpo de forma segura e confortável. Um colchão nem muito macio, nem muito firme. Nesse sentido, a Novo Colchão conta com diversas opções de colchão, incluindo os que têm sistema de massagem, os articulados e os magnéticos.
A linha Bio Orthus, por exemplo, foi projetada por um especialista em fisioterapia, combinando tecnologias como a da física quântica, infravermelho, magnetismo, cromoterapia e perfilado terapêutico, além de ser certificado pelo INMETRO e ISO 9001.
O colchão Bio Orthus é personalizado de acordo com as medidas do cliente, e se propõe a cuidar de patologias do sono, como dores de bico de papagaio, hérnia de disco, apneia de sono, ronco, bursite, fibromialgia, entre outros.
Como se pode ver, o uso de um colchão adequado está diretamente relacionado à qualidade de vida. Por isso, é importante observar não apenas a validade, como a proposta do produto, e se ele atende às suas necessidades.
Vale destacar também que, dependendo da rotina, da idade, a necessidade de parte da família pode não ser a mesma, cabendo aos adultos o compromisso de reparar esses erros. Uma boa higienização do colchão também pode influenciar no sentido de uma boa qualidade de vida, prevenindo que fungos, ácaros e mofos se formem e que provoquem doenças respiratórias.

Fontes: Requintare.com e SonoHer

mais
Como lidar com a privação do sono na maternidade

Muitas transformações acontecem na vida dos casais quando eles se tornam pais. E se engana quem pensa que essas mudanças impactam apenas a vida dos considerados âpais de primeira viagemâ, pois cada um dos filhos é único, e isso significa que proporcionará experiências distintas à família também.
Nesse sentido, a privação de sono pode ser considerada uma das alterações mais impactantes para a família toda, mas, especialmente para as mães. Isso porque, além de precisar se adaptar à rotina do recém-nascido, e às necessidades dele, a mãe ainda precisa cuidar da própria recuperação do parto, e lidar com os hormônios desregulados.
à importante destacar que a família precisa se organizar o quanto antes, estudando e criando uma nova rotina para prevenir os efeitos da privação do sono. Isso porque, quando uma pessoa não consegue dormir o tempo suficiente para manter o organismo saudável, ela acaba propensa a doenças. E isso pode acabar prejudicando a família toda, incluindo o recém-nascido.

Algumas consequências da privação do sono:

- Cansaço extremo;
- Aumento da pressão arterial;
- Aumento dos casos de arritmia;
- Agravamento das dores crônicas;
- Ganho ou perda de peso;
- Prejuízos psicológicos, como a perda da concentração e da memória;
- Agravamento do quadro de diabetes;
- Irritabilidade;
- Aumento dos riscos de depressão.

Como lidar com a fase de adaptação
Muitos pais acabam encontrando soluções por conta própria, e conseguem diminuir os efeitos da privação de sono de maneira saudável. Outros precisam buscar a ajuda de familiares, profissionais da saúde, ou até mesmo contratando uma babá ou empregada para dividir as tarefas e tornar a rotina mais leve. Não há receitas, ou regras. Cada família deve agir como puder, e preferir.
Algumas atitudes, no entanto, costumam ajudar as famílias nessa fase. Elas demandam apenas paciência, dedicação e união. O fato é que quando os pais tomam conhecimento da rotina do recém-nascido, observando os horários das sonecas, troca de fraldas e mamadas, por exemplo, fica mais fácil para a mãe conciliar o sono com o bebê e descansar.
Outra atitude que pode fazer toda a diferença é a divisão das tarefas e compromissos da casa entre os parceiros, e até filhos mais velhos. Isso inclui as trocas de fraldas do bebê e a missão de colocá-lo para arrotar.
Sobre o recém-nascido, também é importante destacar que o bebê terá suas preferências, mas os pais podem interferir em algumas situações, evitando, por exemplo, que ele tire uma soneca em horário próximo ao do sono da noite. Assim, haverá mais chances dele dormir a noite toda e os pais descansarem mais, e com qualidade de sono.

Fonte: Hospital e Maternidade Domingos Lourenço

mais
Há 140 anos surgia o primeiro colchão estofado com algodão

Para a maioria das pessoas, é quase impossível pensar que, há pouco menos de um século e meio, as pessoas não sabiam o que era dormir em um colchão estofado. E a referência aqui são os mais simples que se possa imaginar, estofados apenas com algodão.
Ocorre que a realidade do dormir bem, contando com as tecnologias mais modernas e completas, num colchão exclusivo e/ou personalizado, como os que você encontra na Novo Colchão, por exemplo, é bastante nova. E, num passado não muito remoto, ter uma cama ornada era símbolo de riqueza e de poder.
Há relatos de que os primeiros colchões da história da humanidade eram, literalmente, um amontoado de folhas, palha e ramos. Com o passar dos anos, surgiram algumas técnicas e ideias, não muito distintas, mas mais elaboradas, como os colchões feitos da união de duas peles de animais, ou dois tecidos, que eram cheios de matéria orgânica vegetal, pelos e lã, por exemplo.
As primeiras camas foram criadas com armações de madeira, e cordas. Verdadeiras camas elásticas. Há registros que indicam que na cultura egípcia, o rei dormia em cama de madeiras nobres, enquanto o povo dormia sobre pilhas de palmeira.

O Colchão de Sealy
Conforme relatos, o primeiro colchão fabricado por uma máquina, e comercializado nos moldes industriais, ficou conhecido por âColchão de Sealyâ. Isso porque um morador, da pequena cidade de Sealy, foi o responsável pela ideia, inventando não apenas o colchão estofado com algodão, mas a máquina que comprimia o algodão também.
Daniel Haymes era fabricante de máquinas de descaroçar algodão e, em 1881, começou a produzir os colchões estofados, que inicialmente foram comercializados aos parentes e vizinhos do inventor. Oito anos mais tarde, Haymes conseguiu patentear a invenção e vendeu os direitos da patente para outras pessoas que também passaram a fabricar o produto.
Depois da invenção de Haymes, a evolução dos colchões não parou mais. O colchão de molas, por exemplo, ganhou os mercados após a Segunda Guerra Mundial. Nessa época, a população já havia experimentado inúmeros problemas no uso dos colchões de algodão, pois o material era muito suscetível a ataques de bichos, bactérias e mofo.
No Brasil, a primeira empresa a fabricar os colchões de molas foi a Indústria Raphael Musseti, fundada em 1936. Dessa época para os dias atuais, muitas mudanças estruturais foram feitas nos colchões. E hoje é possível encontrar colchões que garantem a prevenção, e até o tratamento de doenças e patologias do sono.

Fonte: Associação Brasileira da Indústria de Colchões

mais
Riscos e benefícios de dormir com o pet na cama

Com o passar dos anos, aconteceram muitas transformações no comportamento e nos relacionamentos. Essas mudanças refletiram, também, sobre o tratamento que damos aos nossos bichinhos de estimação. Muitos pets, inclusive, passaram a ser tratados como filhos, ganhando não apenas o apelido de bebê, mas roupinhas, brinquedos, acessórios, e até um espaço dentro de casa.
Especialistas da área da saúde, porém, dividem opiniões sobre os riscos e benefícios de conviver e, principalmente, dormir com cães e gatos na mesma cama.
Dentre os benefícios de se dormir com o pet, os especialistas citam a sensação de segurança, por exemplo. Isto, considerando que os pets têm os sentidos mais aguçados e, ao perceberem qualquer mudança no ambiente, ou ruído, eles se mostram alerta, e despertam os tutores.
Para os pets, a companhia dos tutores durante o sono também soma no quesito tempo de qualidade, pois muitas vezes os bichinhos passam horas sozinhos em casa, quando a família está no trabalho, escola, ou atendendo à rotina e os compromissos.
Já quando se trata de riscos de se dormir junto com os pets, os especialistas destacam, principalmente, os relacionados a doenças. Ocorre que, como os animais transitam pela casa, jardim, e até mesmo pela rua, e muitas vezes acabam subindo na cama sem a devida higienização, eles podem levar inúmeras bactérias consigo.
Além disso, caso os tutores não tenham a atenção adequada às vacinas e acompanhamento veterinário dos bichinhos, eles, infelizmente, podem transmitir uma série de doenças através do contato durante o sono.
Especialistas recomendam que os tutores estabeleçam uma rotina de cuidados com os pets, além de ter atenção com a higienização, e também com a tosa, pois os pelos podem provocar reações alérgicas.

Atenção à qualidade do sono
Mesmo que possam promover a sensação de segurança e, com isso, somarem um ponto positivo à qualidade do sono dos tutores, os animais acabam interferindo na rotina de sono dos tutores que, em muitos casos, precisam acordar no meio da noite para se acomodar melhor.
Especialistas alertam que esse caso, em específico, pode representar um prejuízo a se considerar, pois a quebra do sono pode acarretar em distúrbios do sono entre outras doenças. O ideal, portanto, seria buscar um colchão exclusivo para que o pet tenha o seu cantinho na cama, mas não fique no mesmo espaço que os tutores.
Outra opção, bastante comum, é adaptar uma caminha para o pet no mesmo cômodo que os tutores dormem, e estabelecer limites quanto à cama. Segundo especialistas, essa é uma boa alternativa, especialmente no verão, quando o contato com os pets pode ser mais incômodo.
Fonte: Blog Pet é Pop

mais
As cores e a influência sobre o comportamento

Você já se sentiu desconfortável com relação à cor de determinado ambiente, ou sentiu que a sua disposição aumentou depois de alguns minutos em um cômodo colorido, da sua casa? Ocorre que, mesmo que não tenhamos conhecimento, as cores impactam em nossas emoções. E, sabendo escolher as cores certas para cada ambiente, é possível tirar proveito dos efeitos que elas têm sobre nosso psicológico.
O amarelo, por exemplo, é indicado para salas de jantar, cozinhas e áreas de alimentação, pois a cor estimula o apetite e a criatividade, além de promover a sensação de calor. Tons mais claros dessa cor também costumam ser usados em quartos de bebês.
Já o azul é indicado para locais que tenham a finalidade do descanso e relaxamento, como nos quartos. A cor também é super indicada para ambientes que costumam ser mais quentes, pois o azul promove a sensação de frescor e tem efeito tranquilizador. Os tons mais claros de azul inspiram alegria, enquanto os mais escuros amplitude e profundidade.
Ainda com relação ao uso do azul, é preciso cuidar, porque em ambientes frios a cor pode ter efeito negativo, promovendo a sensação de mais frio ainda, o que pode influenciar em quadros de depressão.
A cor verde, apesar de não ser tão explorada, é considerada uma cor de equilíbrio, por estar entre as cores quentes e as frias. Os tons mais pastéis dessa cor são indicados para ambientes de maior visibilidade. Por causar efeito de bem-estar, saúde, esperança, tranquilidade, frescor e alegria, a cor também deve ser explorada em quartos, banheiros, escritórios e salas de estar.
Ao contrário da maioria das cores, o vermelho está bastante relacionado ao seu efeito psicológico. Isso porque a cor promove a sensação de energia, confiança e agilidade, podendo causar excitação e nervosismo. O vermelho é indicado para áreas de alimentação e, quando inserido em detalhes, cai bem em qualquer cômodo.
O lilás é uma cor que estimula o lado espiritual, mas, dependendo da tonalidade, pode provocar ciúmes, saudade e gerar cansaço. A cor é indicada para locais voltados à meditação, ou relaxamento. Em quartos de meninas que estejam na fase da adolescência, ou em banheiros, a cor costuma ter efeitos bastante positivos.
As cores branca e preta são conhecidas como acromáticas. O branco, por exemplo, caracteriza-se pela soma de todas as demais cores. Ele promove a sensação de pureza, limpeza e frescor. A cor é muito usada em cozinhas, banheiros, lavanderias e locais que oferecem serviços de saúde.
O preto, ao contrário do branco, caracteriza-se pela ausência de luz. O preto sugere elegância, nobreza, seriedade e distinção. Pode ser usado em qualquer ambiente, especialmente quando apresentado em detalhes, ou em paredes, gerando o efeito de movimento, como o rebaixamento ou sombra.
Gostou desse conteúdo? Comenta em nossas redes sociais como você pretende explorar os efeitos das cores na sua casa ou empresa.

Fonte: Aderne

mais
Acordar cedo pode impactar positivamente na sua vida?

Acordar cedo é um desafio para muitas pessoas, especialmente àquelas que adquiriram hábitos noturnos, com o passar dos anos. Mas também há pessoas que pulam cedo da cama, e elas afirmam que o hábito de acordar cedo pode representar muitos benefícios à rotina diária, refletindo também sobre a saúde e qualidade de vida.
Mas, segundo estudos e pesquisas, os benefícios de acordar cedo não se resumem aos afazeres do dia a dia, o hábito pode influenciar o andamento e o progresso dos negócios também. No livro âWhat the most successful people do before breakfastâ, cuja tradução é âO que as pessoas mais bem-sucedidas fazem antes do café da manhãâ, a autora Laura Vanderkam identificou que um dos hábitos que os executivos de sucesso, entrevistados por ela, tinham era o fato de acordar cedo.
A escritora registrou que 90% dos executivos entrevistados afirmaram acordar antes das 6h da manhã, na semana. Conforme relataram, ao acordar nesse horário, consegue-se mais tempo para cuidar da saúde, com a prática de exercícios físicos, por exemplo; e da vida intelectual, com estudo e leitura logo cedo.

Confira alguns benefícios de escolher âdormir e acordar com as galinhasâ:

Se você já costuma se sentir cansado, e ter a sensação de que precisaria de mais horas no seu dia para dar conta de todos os afazeres, é possível que esse seja um dos melhores benefícios de acordar cedo, para você: aumentar a quantidade de tempo ativo.
Ocorre que as pessoas que costumam acordar cedo, ganham mais tempo para alinhar o planejamento das atividades, além de reduzirem as chances de enfrentar imprevistos, ou perderem tempo no trânsito, já que podem sair mais cedo de casa, e evitar os horários de pico.
Se considerarmos apenas os exemplos citados anteriormente, já teremos bons motivos para aderir aos hábitos diurnos. Mas há uma série de outros benefícios para quem acorda cedo, e ter mais tempo para investir na produção de um bom café da manhã é uma delas.

+8 motivos para acordar cedo

Ter tempo para meditar;
Executar atividades que exigem concentração;
Ser mais criativo;
Apreciar momentos e cenários sem agitação;
Evitar imprevistos;
Ter novas experiências;
Fazer um planejamento;
Usufruir de um sono mais regenerador.

Fonte: Mudar para Crescer

mais
É possível dormir bem sem o uso de medicamentos?

Dormir bem, com qualidade, nem sempre é uma preocupação das pessoas mais jovens. Mas, infelizmente, maus hábitos do sono acarretam em prejuízos que podem custar muito caro, não apenas economicamente, mas também provocando dores e até limitações físicas.
São inúmeros os prejuízos que as pessoas que não conseguem desenvolver bons hábitos do sono têm, e alguns deles são chamados distúrbios e patologias do sono, tais como a insônia, a apneia do sono, e o jet leg, por exemplo.
Em função de distúrbios, como a insônia, muitas pessoas acabam recorrendo aos medicamentos para dormir, mas ocorre que os mesmos remédios também provocam efeitos colaterais, e são igualmente desconfortáveis, não melhorando a qualidade de vida dos pacientes, e ainda tornando-os dependentes.
Nesse sentido, pode parecer curioso, mas a mudança de hábitos, e construção de uma rotina, com cuidados simples, práticos, pode ser o melhor âremédioâ para dormir melhor e, automaticamente, ter mais qualidade de vida.
Duas formas de induzir o sono, sem o uso de medicamentos, é garantir silêncio e eliminar a interferência de iluminação no quarto, e na hora de dormir. Ou seja, desligar as luzes, o celular, eletrônicos e dispositivos elétricos, já ajuda bastante na indução do sono.
As duas dicas são bastante simples, mas para algumas pessoas a questão do silêncio, por exemplo, pode ser algo difícil, especialmente para quem mora em apartamento e convive com vizinhos barulhentos. Nesse caso, tampões de ouvido podem ser bons aliados. As máscaras de dormir também ajudam na questão do escuro.
Outra questão bastante simples, mas que depende da decisão consciente de mudar a qualidade do sono, e combater os distúrbios como a insônia, é a redução do ritmo do dia em relação ao ritmo noturno. à preciso diminuir os estímulos, sejam eles visuais, sonoros, ou mesmo atividades físicas, e alimentação. à preciso condicionar o corpo e prepará-lo para relaxar, dormir e usufruir de todos os benefícios de uma noite bem dormida.

Porque é importante dormir bem?
Por que é, durante o sono, que o corpo âresolveâ questões do organismo, combatendo de seis a 12 mil células cancerígenas, produzidas durante o dia; acalmando; prevenindo inflamações; melhorando as condições das glândulas; produzindo hormônios indispensáveis para o bom funcionamento do corpo.

Gostou desse conteúdo? Então dedique um pouquinho mais de tempo para organizar a sua rotina do sono, e venha conhecer os nossos produtos. Dormir num colchão exclusivo, e com tecnologias especiais, é um ótimo passo para que o seu corpo se sinta confortável para executar as funções que ele precisa, enquanto você dorme.
Fonte: Dr. Victor Sorrentino

mais
Você sabia que uma noite de sono reparadora tem mais efeito do que os remédios?

Você, provavelmente, já deve ter ouvido falar que passamos 1/3 da nossa vida dormindo. Mas você já se questionou do porquê de precisarmos dormir tanto tempo, ao longo dos anos? O médico, especialista em longevidade, Dr. Victor Sorrentino, defende que, na hipótese de termos de escolher um remédio para a nossa vida, ele deveria ser o sono. Em outras palavras, uma noite bem-dormida.
Sorrentino explica que os hormônios do sono são fundamentais para a manutenção da nossa saúde, e que é durante o sono que o nosso corpo consegue assimilar todas as atividades que fizemos ao longo do dia, adaptando os sistemas hormonais, produzindo enzimas, e promovendo picos de hormônios que nos ajudam a relaxar, descansar, enquanto dormimos.
O profissional lembra que as transformações da vida moderna têm impactado negativamente, em nossa qualidade do sono. Os fatores são inúmeros, e passam por nossos hábitos, por exemplo, mas também por interferências externas, tais como o barulho, a iluminação e os hábitos da nossa família.
Porém, estudos comprovam que pessoas que têm uma boa rotina de sono têm também menos risco de desenvolver câncer, diabetes, obesidade, entre outras doenças e patologias do sono, como a apneia, por exemplo. Sorrentino destaca ainda, que os problemas de uma noite mal dormida são muito prejudiciais, principalmente, porque uma noite de sono perdida, ou mal dormida não pode ser recuperada; os efeitos são irreversíveis.
Você já parou para refletir sobre o quanto o sono de qualidade é fundamental?

Como dormir melhor
Dr. Sorrentino destaca que, com o passar dos anos, nosso corpo tende a diminuir a produção da melatonina, um hormônio responsável por inúmeras funções do nosso organismo, mas principalmente pela promoção de uma noite de sono reparadora. O profissional explica que, para não perder a qualidade do sono e, consequentemente, de vida, uma boa forma de estimular a produção da melatonina é consumir maracujá, cacau, e até alguns suplementos, incluindo a própria melatonina manipulada.
Além disso, cuidar com os fatores externos, já citados como o barulho, a iluminação e o colchão de qualidade, são atitudes fundamentais. Como você anda dormindo? Já decidiu mudar de vida?

Fonte: Canal Victor Sorrentino

mais
Você conhece a Novo Colchão?

A Novo Colchão nasceu em 2020, com o propósito de transformar vidas, promovendo a saúde e o bem-estar dos clientes, por meio de produtos que influenciam diretamente na qualidade do sono. Com apenas um ano de mercado, mas com uma bagagem de décadas de experiência do proprietário, e visionário, Wilson Cezar, a Novo Colchão conquistou seu espaço no mercado, com o diferencial de contar com produtos da linha Bio Orthus, por exemplo, uma linha desenvolvida através de uma pesquisa de mestrado.

Com os resultados conquistados pela empresa, a Novo Colchão recebeu, em julho deste ano, o prêmio Oscar da Competência. O troféu foi recebido âNa Noite do Oscarâ, evento promovido pela TV e Revista Grandes Ideias, na cidade de Parobé. O reconhecimento que a Novo Colchão tem conquistado é fruto da soma do atendimento de excelência e produtos exclusivos. Na empresa, os clientes têm acesso a colchões feitos sob medida, com materiais e tecnologias agregadas para atender a demandas específicas.

Dentre os exemplos, que figuram entre os produtos que são sucesso de vendas, estão os colchões da já mencionada linha Bio Orthus, e as camas articuladas. Ambas opções podem contar com até 50 níveis de massagem e tecnologias como a cromoterapia e a energia quântica, que fazem dos produtos da Novo Colchão os melhores do mercado, nos quesitos durabilidade, conforto e tratamento. Mas estas não são todas as vantagens de comprar na Novo Colchão, pois a empresa ainda garante a entrega dos produtos em todo o Rio Grande do Sul, não deixando de atender o público de fora do Estado também.

Os clientes da Novo Colchão ainda podem contar com as tecnologias da cromoterapia, que influencia no psicológico conforme o efeito das cores; o perfilado terapêutico que garante maior durabilidade aos produtos, inibindo a proliferação de ácaros, fungos e bactéria; o magnetismo, que atua no combate à inflamação e má circulação; e o infravermelho longo, que atua na redução de toxinas e radicais livres.

O que você precisa para melhorar a sua saúde e qualidade de vida? Contate a Novo Colchão e garanta todos os benefícios possíveis.

mais
6 motivos para não dormir com os cabelos molhados.

Frequentemente temos o péssimo hábito de dormir com os cabelos molhados. Chegamos tarde em casa e o banho fica para o final do dia, não secamos as madeixas e vamos dormir com elas úmidas.

Os fios do nosso cabelo demoram de 3 a 12 horas para secar completamente e, ao contrário do que nós pensamos, dormir com eles molhados pode causar alguns problemas.

Listamos 6 motivos para não dormir com os cabelos molhados! Confira abaixo:

– Para quem tem a pele oleosa e com tendência de desenvolver dermatites, a umidade e o abafamento podem causar coceiras e vermelhidão no couro cabeludo;
– Infecções por fungos: podem causar caroços ou feridas, isto porque estes microrganismos encontram, no couro cabeludo molhado, um ambiente próprio para se desenvolver;
– Como no caso da irritação na pele, a proliferação de fungos na região do couro cabeludo molhado pode levar ao desenvolvimento caspa, nesta situação o fungo presente se chama Malassezia spp e em casos críticos pode causar a queda de cabelo;
– Dormir com os cabelos molhados deixam os fios mais elásticos e fracos devido ao abafamento e umidade. Isso provoca o aumento das chances de o cabelo quebrar por causa do atrito com o travesseiro;
– Aumenta a chance de crises de rinite e sinusite, pois as roupas de cama também ficam mais úmidas, o que favorece a proliferação de fungos e ácaros nos tecidos;
– Causa pontas duplas: porém esta afirmação é um pouco controversa entre os especialistas, pois o uso constante de químicas e secador também são causadores dos fios com pontas duplas. Mas alguns profissionais afirmam que dormir com o cabelo molhado pode, sim, no futuro, levar ao problema. Por conta dos fungos, se instalam no couro cabeludo e permanecem por ali por um tempo.

É importante ressaltar que as pessoas que lavarem o cabelo à noite optem por secá-los com secador antes de deitar.
No caso de pessoas com cabelos cacheados o ideal é lavar na parte da manhã ou mais cedo possível para que possa secar naturalmente antes de dormir.

Agora você já conhece os efeitos colaterais de dormir com os cabelos úmidos, se está entre as pessoas que gostam de tomar banho à noite, os resultados indesejados listamos neste texto podem fazer você mudar sua rotina de cuidados, com as madeixas, e ainda de reservar um tempo extra para secar os fios antes de deitar.

Fonte: Viva Bem, Clínica Doppio e Incrível

mais
Dicas para dormir melhor

Falta de sono, dificuldade de dormir bem, afetam sua qualidade de vida e saúde. Problemas podem ser associados a privação do sono, saúde mental, cardiovascular, metabolismo e imunidade.

É importante entender que o sono é uma prioridade. Costumamos ter que encaixá-lo na nossa agenda apertada, dormindo cada vez menos, dormimos tarde devido a trabalho, ou outros compromissos, dormindo poucas horas ou até mesmo não dormindo. Precisamos entender, portanto, que para não ser privado de sono é necessário mudar o estilo de vida.

O sono deve ser uma das nossas prioridades, pois ele tem poder renovador. Uma noite bem dormida traz bons resultados para o nosso dia a dia.

Dormir bem é essencial, não apenas para se sentir bem e desperto no dia seguinte, mas para manter-se saudável e melhorar a qualidade de vida O sono é um processo vital para a saúde e depende do equilíbrio psíquico, neurológico e hormonal.

Para dormir bem é necessário que você adote hábitos que ajudam a regular o sono e que ajudam a chegar à fase de profundo relaxamento, como:

- Determine um horário específico para dormir;
- Crie uma rotina para a hora de dormir;
- Crie um ambiente escuro e confortável;
- Desligue as telas, celulares, computadores, TV ou tablets pelo menos 30 minutos antes de deitar.

O ideal é que a pessoa fique longe destes aparelhos, e dos jogos de videogame na hora de dormir, pois eles estimulam o cérebro, deixando a pessoa mais agitada e prejudicando o sono.

O consumo de bebidas com cafeína, coca cola, café, chá-preto, chá-verde e alguns refrigerantes, deve ser evitado 6 horas antes de dormir, porque você pode ficar mais agitado e ter dificuldade para pegar no sono. Também é importante evitar comer alimentos pesados no jantar.
Sempre que possível, a pessoa deve optar por bebidas que favorecem o sono, como, por exemplo, chás calmantes.
Uma questão muito importante que pode estar te causando noites mal dormidas, é seu colchão.

A dor na coluna ou articulações é um sintoma comum para quem não tem um colchão adequado. Muitos colchões não possuem uma estrutura adequada para a estrutura do seu corpo. Dormir em um colchão flácido pode causar dor nas costas e muscular faz com que sua espinha se curve, tensionando seus músculos, articulações e ligamentos.

Um bom colchão deve cuidar de suas patologias durante o sono. Ele auxilia na diminuição de dores recorrentes. Na Novo Colchão você encontra uma linha de colchões pensanda em todos os componentes que podem estar causando horas de sono mal dormidas. Desenvolvido com as mais altas tecnologias do mercado como energia quântica, infravermelho, magnetismo, cromoterapia e perfilado terapêutico.



Fonte: Tua Saúde, Sleepup, Abicol e Revista de Odontologia da UNESP

mais
Qualidade de sono

O sono tem função restauradora essencial e importante papel para preservar nossa saúde. Todo mundo precisa descansar ao fim do dia. Não importa a rotina, estabelecer um horário para dormir e para acordar é necessário para um sono mais saudável. O sono impacta diretamente no sistema imunológico, a sensação de saciedade, dentre outras partes do organismo.

Noites em claro podem afetar nossas rotinas, pois sentimos sonolência durante o dia, podendo sofrer com menor performance no trabalho e nos estudos, mudanças de humor, irritação e cansaço.

Uma causa muito frequente de noites de sono ruins são os colchões inadequados ou muito velhos, nem associamos às dores no corpo ou àquele incômodo na coluna com o colchão. Colocamos a culpa na correria do dia a dia, esquecendo de investigar a verdadeira causa da dor.

Se você sofre com dores nas costas ao dormir ou acordar, isso pode ser reflexo tanto de uma má postura durante o sono, quanto devido a um colchão ruim.

Um colchão ruim pode trazer diversos danos à saúde, acarretando doenças e afetando diretamente a qualidade de vida da pessoa. Dores físicas e distúrbios no sono são grandes indícios de que o prazo de validade pode ter expirado.

Ter um colchão de qualidade confortável e adequado garante a sustentação correta da coluna e do peso do corpo. Dormir em um colchão flácido pode causar dor nas costas e muscular faz com que sua espinha se curve, tensionando seus músculos, articulações e ligamentos.

Por que optar por um colchão da Novo Colchão:

- Cuide de suas patologias durante o sono. Ele auxilia na diminuição de dores recorrentes, como por exemplo, o bico de papagaio, hérnia de disco, entre outros;
- Evita alergias;
- Tem tecnologias como: energia quântica; infravermelho; magnetismo; cromoterapia; perfilado terapêutico e vibro massagem.

Além de te proporcionar um sono melhor, a Novo Colchão vai te ajudar na diminuição das suas dores patológicas, doenças lombares e de coluna.

Fonte: Eurofarma e Cpaps

mais
Patologias do sono

Se você tem passado noites em claro, dorme mal e com dores, fique atento às patologias do sono.
Os distúrbios do sono mais comuns são: insônia, apneia obstrutiva do sono e dores na coluna devido ao uso de um colchão ruim. São comuns também o sono insuficiente e o atraso de fase de sono.
Insônia: é a dificuldade de iniciar o sono, mantê-lo continuamente durante a noite ou o despertar antes do horário desejado. Estes episódios de insônia podem estar relacionados a vários fatores, e são bastante individuais: ansiedade, expectativas, problemas emocionais passageiros, excitação associada a determinados eventos.
Apneia Obstrutiva do Sono: caracteriza-se pela obstrução da via aérea no nível da garganta durante o sono, levando a uma parada da respiração, que dura em média 20 segundos. A longo prazo, pessoas com apneia obstrutiva do sono podem desenvolver doenças nas artérias, provocadas pelo acúmulo de colesterol nas suas paredes, além de provocar a ocorrência de infarto do miocárdio e acidente vascular cerebral (derrame).
Dores na coluna: passamos cerca de um terço do dia na cama, por isso, um bom colchão pode fazer a diferença para sua vida, seu colchão deve dar suporte adequado para sua coluna vertebral em todos os seus pontos.
Como driblar as patologias do sono?

Chegar ao menos três horas antes do horário de dormir. Estipular horários para descanso pelo menos duas horas antes de dormir, tomar banho, ler e relaxar. Não se deve ir para a cama sem sono. Não se deve usar a cama para planejar o dia seguinte, ler, assistir TV.

Ter horário regular para se deitar e levantar. Não consumir bebidas alcoólicas ou que contenham cafeína; comer muito próximo ao horário de dormir também não é recomendado. Se não pegar no sono após 15 ou 30 minutos, levante-se e vá para outro recinto ler.

Um bom colchão fará toda a diferença em sua vida, renovando suas noites de sono, promovendo o alinhamento total da coluna, prevenindo e tratando doenças e patologias do sono.


Vem para a Novo Colchão, e conheça os benefícios de ter um colchão feito especialmente pra você!

Além de te proporcionar um sono melhor, queremos ajudar na diminuição das suas dores patológicas, doenças lombares e de coluna.



Fonte: Ministério da Saúde

mais
Como dormir bem no inverno

Quando se aproxima a hora de dormir coincide com a produção de melatonina, o corpo começa a perder temperatura em preparação para o sono. Essa perda de calor ajuda na transição da vigília e a manter o estado de sono das pessoas. No início da manhã, o processo inverte e voltamos a ganhar temperatura para despertar.

Nos dias frios a luz vai embora mais cedo, a produção de melatonina também é antecipada, por isso sentimos sono antes. Não é necessariamente que dormimos mais, mas sim que a sonolência chega antes. Isso é mais uma questão de luminosidade do que de temperatura.

Existem diferentes tópicos que explicam essa sensação de ser mais rápido ou mais fácil dormir no frio. Um deles é a perda de temperatura natural do corpo como falamos acima.

No inverno, os dias são mais curtos e com menos luz natural. Algumas regiões do mundo chegam a ter quase 24 horas de escuridão nos meses de frio. Nestes dias com menos luz natural a produção de melatonina também é antecipada, por isso sentimos sono antes. Não quer dizer que dormimos mais, mas sim que sentimos sono antes. Isso é mais uma questão de luminosidade do que de temperatura.

Outra questão que pode afetar nosso sono no inverno são as dores nas costas, pois no frio o corpo fica em reação de defesa, realizando contrações involuntárias para ajudar a aumentar a temperatura do corpo, as famosas tremidas de queixo, e com isso puxa as raízes nervosas que sustentam a coluna.

Geralmente estas dores surgem em pessoas que já têm algum problema de coluna, e com as contrações da musculatura as dores nas articulações tendem a aumentarem.

Mas como podemos diminuir essas dores nas costas durante o inverno?

Não deixar o inverno chegar para sofrer com esses problemas por sedentarismo é algo importante. Faça alongamos diários, exercícios físicos, musculação e demais atividades físicas que possam fortalecer a sua coluna.

Tenha também cuidado com sua postura ao dormir. No frio temos o costume de ficar encolhidos uns minutos a mais na cama. Ter uma postura melhor é extremamente importante e a posição ao dormir também, pois isso vai ajudar a prevenir problemas na coluna.

Ter um bom colchão também fará a diferença na hora de dormir durante o inverno, a Novo Colchão possui o Bio Orthus que cuidará das suas patologias durante o sono, melhorando sua qualidade de vida, desenvolvido com tecnologias como energia quântica infravermelho, magnetismo, cromoterapia e perfilado terapêutico com certificados pelo INMETRO e ISO 9001.

Fonte: Persono e Saúde e Coluna

mais
Se você sofre com crises alérgicas nós temos a solução pra você!

Na Novo Colchão, você conta com tecnologias, como o perfilado terapêutico, que inibe a proliferação de fungos, ácaros e bactérias, reduzindo as crises alérgicas.

Se você está sofrendo com crises alérgicas, e elas ocorrem sempre na hora de dormir, talvez seja um sinal de que o seu colchão está vencido ou muito desgastado. Isso porque a maior parte dos colchões comuns acumula poeira, ácaros e mofo, organismos que são alérgenos.

Caso identifique que o problema realmente é ocasionado pelo colchão, se organize para investir em um novo. Os colchões da Novo Colchão, contam com este opcional especial do perfilado terapêutico, material que inibe a proliferação de ácaros, fungos e bactérias.


Uma das causas que podem desencadear a rinite, assim como a asma e as dermatites alérgicas, são os ácaros e fungos que têm relação muito estreita entre colchão, travesseiro e alergia.

O pó e os excrementos de ácaros podem ser inalados e, quando entram em contato com o sistema imunológico, ele libera a substância histamina. Ela desencadeia todos os sintomas de alergia, como coceira e espirros.

Ácaros, mofo e à umidade causada pela transpiração podem levar a dermatoses alérgicas ou até mesmo infecciosos.

Nosso colchão é o local preferido dos ácaros por se tratar de um local que recebe calor e umidade do nosso corpo e a descamação natural da pele.

Além dos lençóis e cobertores que mantêm o escurinho e umidade, mesmo durante o dia, é o local preferido dos ácaros para se desenvolverem.

Os ácaros ficam retidos entre as fibras do colchão, não em sua superfície. O que provoca a alergia é o animal morto que se solta das fibras e elimina bolotas fecais extremamente alergizantes.

Quando a pessoa senta ou deita na cama, é como se pulverizar essas substâncias para o ar, que voltam a cair e são inaladas.

Devemos observar a validade do colchão e do travesseiro e escolher produtos de qualidade ao trocá-los são de vital importância, principalmente para os alérgicos

mais
12

localização

Bruno Werner Storck, 970 - Canudos - Novo Hamburgo/RS CEP.: 93544-360

Telefone: (51) 3097-0379 e-mail: novocolchao@novocolchao.com.br

© Novo Colchão 2022 - Todos os direito reservados. by Daniel Labres.